•° The Project Mayhem


abbey road

28.2.05
http://av.rds.yahoo.com/_ylt=A0Je5XFoWyNCWHYAGhOHBqMX;_ylu=X3oDMTBwanIybjRqBHBndANhdHdfaW1nX3Jlc3VsdARzZWMDc3I">
consegui postar. então talvez não seja o fim. mas provavelmente é. não queria que fosse, mas é. triste. muito triste. mas não inesperado. um fim, ao menos, dá lugar a um recomeço...

•° Assim disse calvin, indicando um site a todos, e

• • •

hamlet

10.12.04
ser ou não ser, eis a questão.
o que será mais nobre para a mente,
sofrer pedradas e flechadas da ultrajosa fortuna,
ou levantar armas contra um mar de provações e,
opondo-se a elas, terminá-las?
morrer. dormir. nada mais.
e imaginar que ao dormir nos livramos
de todas as preocupações e infinitos golpes da natureza
dos quais a carne é herdeira.
é um fim ardentemente a ser desejado.
morrer. dormir. dormir. talvez sonhar.
é aí que está o ponto...

william shakespeare

•° Assim disse calvin, indicando um site a todos, e

• • •

see ya soon

24.11.04
Caros leitores inexistentes deste blog:

Amanhã tô indo pro E.U.A. entaum vo fik um tempo sem posta, de qq jeito vcs naum vaum sentir falta do meu bafo d breja, piadas estranhas e tentativas de enxerga seu mundo. De qq jeito vejos vcs ano q vem.

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

bebida é foda

20.11.04
CUIDADO! isto pode acontecer com você também.

http://www.rio.com.br/animation/beber.htm

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

A paixão do paixão

19.11.04



De bebida típica fabricada de maneira artesanal ou clandestina, da esbórnia em bares da cidade e em poemas de Charles Bukowski, a vodka - bebida cuja nacionalidade é disputada por russos e poloneses - viajou um longo caminho para se tornar hoje uma das mais refinadas e crescentes bebidas no setor premium.

Vodkas existem muitas. E elas podem vir dos mais variados tipos de grãos - do trigo ao centeio - e batatas e ainda dos mais variados países: dos tradicionais recantos eslavos até os aparentemente improváveis Estados Unidos e França. Badaladas, com propagandas instigantes e lindas garrafas, estão presentes sempre nas melhores festas.

O que faz uma vodka premium, no entanto, é a sua pureza. Normalmente as vodkas são destiladas até três vezes, mas no caso das últimas, este processo começa em quatro ou até mais. O "exagero", dizem seus produtores, são garantia de uma indescritível "maciez" da potente aguardente eslava na boca. Dentre as mais destacadas estão as vodkas Belvedere (Polônia), Grey Goose (França) e Level (a versão premium da conhecida marca sueca Absolut).(Eu aprovo!)

Destas, a única encontrada no Brasil é a polonesa. Importada pelo grupo LVMH há cerca de dois meses, a Belvedere empresta o nome e a imagem estampada da residência da família real e da presidência daquele país. a Belvedere é a primeira vodka de luxo do mercado. Feita com 100% de centeio dourado e elaborada segundo uma tradição de 500 anos, ela é produzida em pequenos lotes e é destilada quatro vezes. Os produtores juram que, se for percebida uma ínfima impureza, o lote é totalmente jogado fora.

O que importa no entanto, é o resultado. Maciez na boca e uma doçura sutil são suas características mais marcantes. O melhor é prová-la pura, mas a Belvedere prova ser um bom casamento em coquetéis e seguindo a atual tendência de flavored vodkas, a Belvedere tem sua versão Cytrus (com limões espanhóis) e Pomarancza (com mandarinas espanholas e laranjas do Marrocos).

Experimente e não deixe de tentar um 'Na Zdrowie'. É assim que os poloneses dizem saúde .

A Belvedere é encontrada nas melhores delicatessens do país pelo preço médio de R$ 140.

Visite o site da Belvedere e aprenda a fazer uma degustação correta de vodka e a fazer coquetéis:

tirado msn--> por Gabriela Sampaio


•° Assim disse Rodrigo, e


fendas do infinito

19.11.04
hoje à tarde, depois de assistir a alguns seriados americanos e ouvir algumas boas músicas, comecei a escrever um texto. eu não havia pensado em nenhuma história, nenhuma idéia, apenas queria escrever. fiz uns três bons parágrafos e apaguei tudo. não porque não estivesse bom, eu estava até gostando bastante, mas de repente senti que o que eu estava escrevendo não deveria ser escrito. era um texto que representava tamanha trivialidade cotidiana, que remontava tão bem um daqueles dias de domingo em que a falta do que fazer não te deixa fazer algo, que acreditei que seria uma certa apelação apresentá-lo a qualquer leitor. escrevi a respeito de uma realidade já profundamente infiltrada não apenas em nós, mas em tudo que há ao redor. na verdade, agora que escrevo estas linhas, penso que posso estar enganado e que talvez fosse meramente um texto, palavras perdidas no papel. mas ainda assim, algo nele me fez sorrir e apreciar serenamente toda a mediocridade que se esconde nesses momentos de simplicidade e humanismo puro do dia a dia. quando me percebo em um desses momentos, gosto de olhar pela minha janela e imaginar o que o resto do mundo está pensando, o que o resto do mundo está sentindo. creio que foi para esse tipo de contemplação que as janelas foram inventadas, para que em algum momento do dia cada um de nós possa se debruçar sobre a sua e voar além das janelas que o cercam...

•° Assim disse calvin, indicando um site a todos, e

• • •

mirror, mirror

6.11.04

Far, far beyond the island
We dwelt in shades of twilight
Through dread and weary days
Through grief and endless pain

It lies unknown
The land of mine
A hidden gate
To save us from the shadow fall
The lord of water spoke
In the silence
Words of wisdom
I've seen the end of all
Be aware the storm gets closer

Mirror Mirror on the wall
True hope lies beyond the coast
You're a damned kind can't you see
That the winds will change
Mirror Mirror on the wall
True hope lies beyond the coast
You're a damned kind can't you see
That tomorrows bears insanity

Gone's the wisdom
Of a thousand years
A world in fire and chains and fear
Leads me to a place so far
Deep down it lies my secret vision
I better keep it safe

Shall I leave my friends alone
Hidden in my twilight hall
(I) know the world is lost in fire
Sure there is no way to turn it
Back to the old days
Of bliss and cheerful laughter
We're lost in barren lands
Caught in the running flames
Alone
How shall we leave the lost road
Time's getting short so follow me
A leader's task so clearly
To find a path out of the dark

Mirror Mirror on the wall
True hope lies beyond the coast
You're a damned kind can't you see
That the winds will change
Mirror Mirror on the wall
True hope lies beyond the coast
You're a damned kind can't you see
That the winds will change

Even though
The storm calmed down
The bitter end
Is just a matter of time

Shall we dare the dragon
Merciless he's poisoning our hearts
Our hearts

How shall we leave the lost road
Time's getting short so follow me
A leader's task so clearly
To find a path out of the dark

by Blind Guardian

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

cambalache

2.11.04

que o mundo foi e será uma porcaria eu já sei,
em 506 e em 2000 também.
que sempre houve ladrões, maquiavélicos e safados,
contentes e frustrados, valores, confusão.
mas que o século vinte é uma praga de maldade e lixo
já não há quem negue.
vivemos atolados na lameira
e no mesmo lodo todos manuseados.

hoje em dia dá no mesmo ser direito que traidor.
ignorante, sábio, besta, pretensioso, afanador.
tudo é igual, nada é melhor
é o mesmo um burro que um bom professor.
sem diferir, é sim senhor,
tanto no norte ou como no sul,
se um vive na impostura e outro afana em sua ambição.
dá no mesmo seja padre, carvoeiro, rei de paus,
cara dura ou senador.

que falta de respeito, que afronta pra razão.
qualquer um é senhor, qualquer um é ladrão.
misturam-se beethoven, ringo star e napoleão,
pio nove e dom joão, john lennon e san martin.
igual como na frente da vitrine
esses bagunceiros se misturam à vida.
feridos por um sabre já sem ponta
vão chorar a bíblia junto ao aquecedor.

século vinte "cambalache", problemático e febril.
o que não chora não mama, quem não rouba é um imbecil.
já não dá mais, força que dá,
que lá no inferno nos vamos encontrar.
não penses mais, senta-te ao lado,
que a ninguém mais importa se nasceste honrado,
se é o mesmo que trabalha noite e dia como um boi,
se é o que vive na fartura, se é o que mata, se é o que cura,
ou mesmo fora-da-lei.

não me lembro qual era o nome do autor...


•° Assim disse calvin, indicando um site a todos, e


o mito do grande deus humano

2.11.04
esse é só para aqueles que conhecem o mito de criação do homem grego. fiz no meio da aula de história. comentem opiniões, pooooorfa

de licaon a nictimo,
céu e terra não mais se entendem.
quando um come dos seus,
ser um ser já não mais pode.
assim falou o grande homem,
que por ser deus jogou trovão
e fez cair a nobre chuva.
de tanta água que escorreu,
um só mar mundo virou
e nove dias se passaram até que tal barco aportou.
saindo dele, quase vivo,
um homem suplicou e fez seu deus chorar.
com um mensageiro alado
vieram as palavras da justiça:
que de um ventre morto renasça um povo.
e assim foi feito, de pedra a pedra,
dando a heleno, hélade viva.
se um deus me é capaz de fúria,
ira, vingança, arrependimento, culpa
e até mesmo perdão,
ser humano, falho, errôneo
e acreditar em redenção,
não é mais ele só deus pelo poder?
se perde a calma e volta atrás só porque pode,
o grande homem e seus trovões,
se sofre tanto é mais humano.
e se é humano, tal qual eu,
licaon e heleno,
que motivo tem para nos matar?
pedro priolli

•° Assim disse calvin, indicando um site a todos, e

• • •

Any more suggestion?

30.10.04
uns filmes fudidos pra assisti no feriado......se não tive o q faze( eu por exemplo)....
-Lista de Schindler (mal se soletrei errado)
-Forest Gump
-Curtindo a vida adoidado
-A espera de um milagre
-Estrada para perdição
-O exorcista
-Pânico
-Sobre meninos e lobos
-Entrevista com um vampiro
-pulp fiction
-kill bill 1!!(não curti o 2)
-Monty Pinton , the Holly Grail
-MOnty Pinton, the life of Brian
-3ª margem do rio , o da 1ª F

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

29.10.04
tah chegado mais um feriado e o fim do ano tah logo ai... e eu comtinuo sem saber nada...será q a vida realmente tem q se um mar d duvidas? Será q vo continua sem um objetivo? Objetivos saum coisas q naum tem sentido mas q daum esperança? Pq as pessoas tem objetivos? Pq as pessoas tem q presumir q as palavras , o sexo, as mudanças, tudo têm um objetivo? Será q elas têm um objetivo? Será q a vida tem um objetivo?? As vezes as duvidas saum frustantes , e só me resta tentar ser feliz....

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

pq?

25.10.04
vc já sentiu q td q vc faz vai da em nada? PQ a gente passa mais d 11anos na escola? Pq a gente faz facu? Pra q a gente trabalha e vive a vida d acordo com as regras? Pq seguir uma regra q vc naum concorda? Pq seguir um lider? Pq naum tentar fazer algo diferente? Pq naum tentar alg q ngm nunca tentou? Pq almejar alg impossivel e tentar alcança-lo? Pq naum se entregar aos seus sonhos? Pq naum querer mais d vida? Pq naum tentar fazer o impossivel (afinal aprendemos com os nossos erros)? Pq naum tentar ser o melhor?Pq ser mais um qndo vc pode ser vc msm?

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

filosofia ...

21.10.04
a filosofia dos egocentricos, a perfeita para os depressivos, a pentelha dos retardados:
"I'm the best, fuck the rest."

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

?

19.10.04
pq as pessoas acham q tudo têm um sentido? Pq as coisas deveriam te um sentido? Acho q as coisas não devem ser vistas tão lamarkicamente; Darwinismo social é bem mais lógico, vc faz o q vc pode e o q vc "que" ( ou até quer) mas acho o q realmente importa é o q vc não é determinado, como uma peça de algo, mas algo muito mais engenhoso, muito mais bonito(na minha opinião). Acho q destino não existe e se existisse é apenas o dia da sua morte. Se isso realmente existe. Acho q a úica coisa q realmente importa eh ser feliz.

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

Tormentos da Noite

7.10.04

Inebria uma sensação levemente nostálgica em meio a meu corpo

Sinto-me estremecer enquanto um sorriso exala de minha face

Acordo assustado e sento em minha cama, desespero

Amanhece minha alma em tons plúmbeos, martírio é esta

Tormento é minha desgraça.Arrependimento, conseqüência

Solidão, obviedade. crucificação, libertação, a minha

Ela não deve ser a mesma, será que ainda sou o mesmo?

Ela deve ser melhor, e eu devo ser o mesmo cão

Ela deve me odiar, como eu próprio não sei se realmente me amo.

Meu caminho deve continuar, o dela seguirá;

O meu será em escarlate, o dela será belo, como arte;

Meu tormento será o mesmo, o dela? Nem conhece este mesmo.

Apenas tenho duas certezas:

Ela me esnobará,

E eu me matará.

Pensamentos sobre este poema:

será uma cantiga de amor? Será que sou tendo apenas amor cortês, ou seria platônico? Nunca saberei, apenas compadecerei a minha involuntária e silenciosa , até profânica, morte.


•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

4.10.04
...........as coisas taum sendo ultimamente uma porra, no sentido mais estranho possivel. O tpm faliu e so sobro esse imbecil sem t o q faze pra posta nessa "merda". Descobri q perdi o nd d dignidade e respeito q as pessoas tinham por mim e entaum to mandando td a merda. As coisas parecem q perderam o brilho q elas tinham.... não sei pq eu era taum feliz antes, mas fudeu td agora pq naum consigo me lembrada graça da vida....... o álcool naum tem mais graça (acho q qq um sabe pq disso).....estuda sempre foi uma porra e naum vo pq naum faço a minima ideia de q porra faço com esse tempo d vida, ateh pareço doente terminal......de qq jeito foda-se......adieu...

•° Assim disse Rodrigo, e

• • •

1.10.04
Acho que quem tinha que ler já leu.
Transformei aquele post em rascunho.
•° Assim disse Bruno, e

• • •

the meaning of life

30.9.04
to puto com o mundo que não sabe aproveita os poucos momentos bons qu e a gente passa nesse mundo. Só sabe reclamar e pensar em coisas que (na minha opinião) não vão te dexa mais feliz ou mais triste. Eu acho q se deve pensar ou reclamar quando você acha que você vai ser mais feliz.

"CARPE DIEM"

•° Assim disse Rodrigo, e


30.9.04
"DESLUMBRAMENTO"


•° Assim disse Marie Belotti, e

• • •

29.9.04
Os homens passam dois mil anos tentando desesperadamente encontrar a razão para a vida. Por que nós, Homo Sapiens Sapiens (com todos os floreios de nome científico), fomos OS escolhidos para termos a tão famigerada RAZÃO (inteligível). Hoje, 2004, tudo o que nós concluímos é que a vida é feita de instantes. É avassaladora a nossa capacidade de progredir, ganhar conhecimento e, ainda assim, continuar sem saber nada. O que, eu acho, é que o problema do TPM é que ele acabou se tornando um espaço muito pequeno para discussão de idéias de SERES HUMANOS em ascensão como nós mesmos, não só postadores como também comentadores.
Seres humanos em ascensão. Essa foi bonita hein? Até eu gostei, e olha que não estou no meu melhor dia.
Dancem, plantem bananeira, vivam como se não houvesse amanhã. Isso é o que falam as músicas. E os sonhos?
Acho que nossos sonhos são um pouco mais ambiciosos do que apenas sair dançando pela sala de jantar. Aliás, no nosso papel como "futuro da humanidade" será que nós realmente sabemos quais são os nossos sonhos?
Nem sei mais do que eu estou falando.
Para mim, isso virou mais um texto piegas.
Vale apenas a idéia de seres humanos em Ascensão. Não somos nada e, talvez, nem cheguemos a ser tão cedo. Saibam disso. Somos insignificantes em todos os meios a não ser dentro de nós mesmos. Para sermos ALGUÉM precisamos de espaço, de atuação. Coisa que não está acontecendo muito.
Eu não sei como deve ser. Nem vou tentar explicar, tenho milhões de idéias presas em minha mente e que não querem nem um pouco dar uma volta. Quem sabe é isso mesmo: devíamos desencanar do TPM e simplesmente sair por aí pastando até que ele vá realmente significar alguma coisa, quando nos separarmos.
Desisto, eu realmente não sei.
Quer saber, tem vezes eu entro no TPM e eu penso, que bosta de blog, eu nem quero ter o meu nome naquela linha em baixo do título que eu nem sei o que significa. Que raiva dessas pessoas. Penso isso mesmo. Mas também. Eu faço tanta merda e imagino as razões que as pessoas tem para ter raiva de mim. Aposto que são as mesmas pelas quais eu tenho raiva do resto do mundo. Sabe por que? Passamos todos pelo mesmo momento. Pela mesma, me permitem o termo, EXPERIÊNCIA NEGATIVA. [momento em que eu, autora, saio do meu umbigo, esqueço a minha vontade de ser única E especial, e admito que todos somos, em algum momento, iguais]
Conclusão: Devemos ser iguais formando uma comunidade diferente, em que nós não nos preocupamos em nos elevar, em nos mostrar, nos preocupamos em PRESTAR ATENÇÃO NO QUE O OUTRO ESTÁ FALANDO, AO INVÉS DE FICAR APENAS PENSANDO NA PRÓXIMA COISA QUE NÓS VAMOS DIZER. Isso faz MUITO mais sentido o que o título do blog. Projeto Destruíção. Destruíção do que?!
Por mim, eu desistia dessa "comunidade" ficava só com os amigos que me "apetecem" mas eu naum confio em mim mesma a esse ponto.
Bruno. Idiotíssimo você sair do TPM e, não só isso, ANUNCIAR, negando até despedidas mais "chorosas".
Ai ai, momento em que eu estou novamente com raiva do TPM.


•° Assim disse Marie Belotti, e

• • •